Deixar de comer para emagrecer pode engordar

Com a obesidade crescente entre a população mundial e uma constante insatisfação das pessoas com o corpo e os padrões de beleza, é normal que de tempos em tempos surjam dietas milagrosas que prometem resultados rápidos.

Apoiadas pela prática de pular refeições ou cortar determinados nutrientes, como carboidratos ou gorduras, as dietas restritivas são o assunto da moda e um novo perigo para a saúde.

Estudos ao redor do mundo comprovam que, apesar da perda inicial de peso e empolgação, em mais de 90% dos casos as pessoas que aderem a essas dietas acabam engordando novamente, e isso tem uma série de fatores.
A restrição de determinados nutrientes e o jejum alteram o metabolismo, causando uma maior chance de engordar. Além disso, afeta o cérebro, responsável por controlar a saciedade e nossa relação com a comida, trazendo ansiedade e ainda mais descontrole na dieta.
A dica da Gomes da Costa é que a reeducação alimentar é sempre o melhor caminho. Apesar de mais longo, escolher melhor o que se come e a prática de atividades físicas são a maneira mais eficaz e duradoura de atingir metas e manter o peso desejado.

Fontes:
Viva Bem
Bem Estar
Jornal da USP

Compartilhe:

Conecte-se com a Gomes da Costa

facebook
Fácil, rápida e deliciosa a fritada de forno com Sardinha Gomes da Costa é perfeita para o seu dia a dia.

Fique por dentro

Receitas especiais, notícias e muita novidade. Cadastre seu e-mail e fique por dentro de tudo de acontece com a Gomes da Costa



Envie esta receita por e-mail